O interior do modelo de casa construída na cidade do aço, com o advento da instalação da Usina Siderúrgica Nacional, caracterizava-se pelo conforto e simplicidade. Lugar de descanso após um trabalho árduo na metalurgia, é o que vamos chamar de Casa Volta Redonda.


A Casa Volta Redonda

Era um modelo das décadas de 30 e 40, derivado do estilo “Casa Brasileira”, oriunda deste famoso modelo adotado no Rio de Janeiro após a queda da Monarquia.

como era o interior da Casa Volta Redonda?

Imagem “Vida em Família” de uma família registradas no Album Fotográfico da CSN do ano de 1952 (Estúdio Hess)

Sem grades nem muros, a Casa Volta Redonda era, além de um local para se morar, mais um ambiente de interatividade entre a vizinhança.

como era o interior da Casa Volta Redonda?

Charmosa, com estrutura em forte concreto e aço, paredes grossas, esquadrias em madeira, telhado em telhas cerâmicas, pisos em taco e espaços confortavelmente robustos.

como era o interior da Casa Volta Redonda?

Os móveis eram de marcenaria bruta nem sempre sofisticados e, na maioria das vezes, trazidos pela família da cidade natal, devido a seus moradores, em sua totalidade, serem migrantes vindos para a cidade em busca de trabalho.

como era o interior da Casa Volta Redonda?

Os ambientes da Casa Volta Redonda eram bem espaçosos e arejados, podendo diversificar em mobiliários mais pesados (mobiliário pós-colonial de madeira bruta).

como era o interior da Casa Volta Redonda?

A cozinha, também arejada, caraterizava-se pelos azulejos e pelo espaço amplo, bem diferente do que vemos hoje em dia. Um ambiente consideravelmente simples, mas aconchegante.

como era o interior da Casa Volta Redonda?

Banheiros equipados com banheira, lavatório, privada em cerâmica e ambiente com basculante veneziano.

como era o interior da Casa Volta Redonda?

O Departamento de habitação da CSN expandiu construções similares pelo atual bairro Conforto e ao longo da rua 60 no atual Bairro Sessenta.

Os moradores muitas vezes vinham dos barracões temporários até serem beneficiados com o lar de alvenaria.

“Venha viver em Volta Redonda”, ecoou nas rádios do Brasil inteiro a voz de Getúlio Vargas no Plano Siderúrgico Nacional.

Deixe seu comentário sobre esse artigo, ficaremos muito felizes com seu feedback.

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Lindas recordacões, Meus pais aqui chegaram para trabalhar na CSN na decada de 40. Todos os meus 6 irmãos nasceram em V.Redonda, toda a familia trabalharam e aposentaram na CSN. Vivemos todas essas estorias que são as melhores lembrancas que podemos ter da cidade. Parabens aos idealizadores pela iniciativa de divulgar essa memoria maravilhosa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui